Vamos votar, pelo bem do Brasil!

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, negou provimento ao mandado de segurança impetrado pelos senadores Paulo Paim (PT-RS) e Lindbergh Farias (PT-RJ), que pedia a suspensão da reforma trabalhista. Com isso, está confirmado o calendário estipulado pela Mesa Diretora do Senado, e a votação da reforma está confirmada para esta terça-feira, no Plenário. A oposição ainda tentará outras muitas chicanas até o fim, mas é preciso que a reforma vá a voto, e que o governo Temer se comprometa a fazer as alterações que estão sendo combinadas entre os líderes. Alguns pontos do projeto serão vetados e outros serão alterados por meio de medida provisória. De resto, a reforma trabalhista é importante para modernizarmos a legislação e para ajudarmos o setor produtivo e gerar mais empregos. Para sairmos da crise, precisamos de medidas modernas e ousadas. O PT aposta na crise e no caos, e no quanto pior, melhor, e obviamente não quer mudanças na legislação que possam trazer melhorias. Que a reforma vá a voto, então, pelo bem do Brasil.

Deixe uma Resposta