Tsunami no Cerrado!

O turbilhão provocado pela divulgação da lista de inquéritos abertos pelo ministro Edson Fachin, no STF, esvaziou o Congresso Nacional e até mesmo Brasília. E apesar do feriado da Semana Santa, a poeira não deve baixar, já que o ministro Fachin retirou o sigilo das delações e entregou um caminhão de arquivos de computador para os principais órgãos de imprensa, que terão material para dias e dias de exploração do escândalo do petrolão. Com isso, as reformas do governo, que já vinham claudicando no Congresso, devem sofrer uma paralisação nos próximos dias. Não é possível fazer, no momento, prognósticos sobre a votação dessas reformas, mas dificilmente alguma delas será aprovada em definitivo na Câmara antes de meados de maio.

Deixe uma Resposta