Reforma da Previdência, será que agora vai?

Há apenas uma semana do começo do ano legislativo, o governo Temer reconheceu hoje que ainda não possui todos os votos necessários para a aprovação da reforma da Previdência, programada para ser votada no dia 19 de fevereiro. Entretanto, a análise do Palácio do Planalto é que a situação está melhor do que no final do ano passado, e faltam poucos apoios para que a reforma seja finalmente votada e aprovada. Apesar de o início dos trabalhos do Congresso ter sido marcado para o próximo dia 05, as coisas só começam mesmo depois da semana de Carnaval, por isso não se deve apostar que a votação da reforma fique mesmo para o dia 19, data muito próxima do retorno do feriadão de Carnaval. Talvez o maus prudente seja agendar a votação da reforma para o dia 26, quando o ritmo dos trabalhos já será mais frenético na Câmara e no Senado. Antes adiar para ganhar tempo e conquistar apoios que acabar vendo a reforma naufragar por poucos votos.

Deixe uma Resposta