Porque apoio a reforma da Previdência

Participei, neste domingo, de reuniões com o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, presidentes e lideranças de partidos e parlamentares, para discutirmos o tema da reforma da Previdência. Fui chamado a falar na reunião, e fiz uma proposta a todos: que os partidos fechem questão em torno da reforma. Tenho convicção de que o fechamento de questão traz mais conforto para os deputados na hora de votarem. Também disse que o presidente Temer precisa manter o que está fazendo, de colocar a cara para defender a reforma e mostrar que está junto com os deputados nesta importante votação. Quem lidera partilha da alegria e do sofrimento, portanto, Temer precisa estar junto com os parlamentares na batalha da reforma.

Defendo a aprovação da reforma da Previdência porque acredito que o projeto que está sendo votado é pro-pobre. Ou seja, não tira do pobre, pelo contrário, melhora a situação dos direitos das pessoas de menor renda. A reforma também dá maior confiabilidade ao sistema previdenciário e protege até os desvalidos da Lei de Assistência Social (LOAS). Quem está gritando contra a reforma são os que mais acabam sendo atingidos pelas mudanças na legislação, ou seja, essas corporações, essa elite funcional que recebem 30, 35, 40 mil de aposentadoria. Eu chamo essa turma de Elite Funcional Federal, que gera um impacto de 25% nos custos da Previdência Social, e estão entre os 34% mais ricos do Brasil. É essa turma que está gritando.

Se a Previdência tem a mesma fonte de custeio, ela tem que ter os mesmos benefícios. Não pode ter benefícios diferenciados dentro da mesma fonte de custeio. É isso que a nova lei quer mudar. Aliás, a reforma vai fortalecer a previdência social, vai dar segurança ao povo, vai dar segurança na retomada do emprego
O que os partidos precisam é enfrentar essa Elite Funcional Federal. Temos que enfrentar juízes, promotores, procuradores, essa elite que dá um mandado de segurança contra a reforma, que manda suspender propaganda a favor da reforma.

Nós somos a favor da reforma da previdência porque ela coloca todos sob o mesmo teto. Vamos derrubar privilégios e vamos beneficiar o restante da população do Brasil.

4 Comentários

  • Rodrigo Correa

    dezembro 04, 12 2017 05:43:35

    Sr.Roberto Jefferson.
    O Sr. Já fez uma mágica por este país, que resultou no mensalão.
    Peço, imploro que tente fazer este outro milagre!
    A previdência tem que ser revista! Isso é muito urgente!
    Obrigado e força!
    Rodrigo

  • Luiz Alves do Nascimento

    dezembro 05, 12 2017 10:43:29

    Eu sou pequeno empresário casado pai de 5 filhos diretor proprietário da empresa Vertical Consultoria Empreendimentos e Participações Ltda, quebrado e quase falido apoio e sou a favor da reforma da previdência quem sabe minha empresa volta a atuar volte aos negócios e assim gerando emprego renda e dividendos para o país Agora do jeito que está não dá para continuar e tem que desonerar e deixar de punir quem trabalha quem produz quem gera riqueza para o Brasil a maioria só sonega por motivos da carga tributária ser Alta e pesada então muitos envereda por esse caminho eu como não consegui fazer isso nem ser desonesto preferir quebrar e esperar bom tempo muitas coisas tem que mudar nesse país inclusive acabar com a justiça trabalhista e a justiça eleitoral. Também aproveito aqui esse espaço para agradecer o Ex deputado Roberto Jefferson pelo que fez pelo Brasil na denuncia do mensalão e continua a fazer pelo país mesmo sem mandato o povo do Rio de Janeiro e ou de qualquer estado que você sair candidato para deputado federal merece ser votado e voltar ao parlamento parabéns pelo sua coragem e bravura…
    Sou de Natal. RN tenho acompanhado suas entrevistas e pronunciamento

  • Sandra Mello

    dezembro 06, 12 2017 10:25:07

    Dr Roberto. Para mim é muito difícil entender esta sua opinião. Quando vejo verbas e mais verbas sendo destinadas para a aprovação desta reforma, fico impressionada.Também dizem que é para tirar privilégios. Mas seria privilégio se aposentar por tempo de serviço?? Eu mesma que já tenho 20 anos de contribuição terei que trabalhar mais 14/15 anos se quiser me aposentar??? E meu filho que também começou a trabalhar com 18 anos?? Com a idade mínima de 65 anos ele somente poderá se aposentar depois de contribuir por 47 anos!!!. Dr…não está certo, não!! POr favor, me perdoe, mas acho q esta sua posição vai de encontro com todo senso de justiça que o senhor demonstra ter. Sua fã, Sandra Mello

  • Sandra Mello

    dezembro 06, 12 2017 10:26:47

    Perdoe-me, já tenho 30 anos de contribuição.

Deixe uma Resposta