Marcelo enterra Lula

Se a situação de Lula já estava ruim, depois da condenação em segunda instância pelo TRF-4, agora complicou ainda mais. Os advogados de Marcelo Odebrecht entregaram ao juiz Sérgio Moro 43 e-mails trocados entre 2008 e 2013, que reforçam o que o empreiteiro disse em sua delação sobre a relação da empresa com o ex-presidente.

Essa é a terceira remessa de e-mails do computador pessoal que Marcelo Odebrecht encaminha para a Justiça. Agora, o juiz Sérgio Moro deve decidir se esse novo material pode ser usado como prova nos processos que são movidos contra Lula no âmbito da Lava Jato.

As mensagens eletrônicas reforçam a noção de que Lula tinha total conhecimento sobre a conta corrente de propinas mantida pela Odebrecht e administrada pelo ex-ministro Antônio Palloci. De acordo com as investigações, Palocci era identificado na Odebrecht como italiano e Lula como amigo de meu pai. A defesa de Marcelo também destacou trocas de e-mails que, segundo os advogados, falam do andamento das obras no Sítio de Atibaia.

Lula, além do processo no qual já foi condenado, é réu em outras cinco ações. Pelo rumo das investigações, deve chegar na Convenção do PT com outras duas condenações nas costas. Isso se ainda estiver solto no período. O PT já sabe que ele não será candidato, mas como sempre, a esquerda só enxerga o que quer ver.

Deixe uma Resposta