Léo Pinheiro confirma o triplex e revela: “Lula pediu para destruir provas”

Logo depois de o ex-ministro Antonio Palocci revelar, ao juiz Sérgio Moro, que está disposto a falar sobre nomes e operações do interesse da operação Lava Jato, o empreiteiro Léo Pinheiro disse aquilo que todo mundo já sabia, mas que faltava apenas ele confirmar: que o ex-presidente Lula era realmente o dono do Triplex no edifício do Guarujá. O depoimento do empreiteiro foi bombástico, mas a principal revelação veio depois. No depoimento a Sérgio Moro, Léo Pinheiro revelou que foi orientado pessoalmente pelo ex-presidente a destruir provas que pudessem incriminá-lo na Operação Lava-Jato.

“Lula me orientou a destruir documentos durante a Lava-Jato”, disse Léo Pinheiro a Sergio Moro.

De posse das delações de Marcelo Odebrecht e dos 77 executivos da empreiteira em mãos, e agora também com a delação do dono da OAS, Léo Pinheiro, o juiz Sérgio Moro já tem motivos para dar ordem de prisão ao ex-presidente até mesmo no dia do depoimento de Lula em Curitiba. A não ser que Moro ainda queira a cereja no bolo, que seria um eventual depoimento do ex-ministro Antonio Palocci. Mas os indícios contra o ex-presidente Lula já parecem ser suficientes para colocá-lo na prisão por muitos anos.

Deixe uma Resposta