Combate à desigualdade

Com alta acumulada de 0,71% em 2017 (0,33% em fevereiro), a inflação pode fechar o ano abaixo da meta estipulada pelo Conselho Monetário Nacional, que é de 4,5%.

Em queda, ela contribui para que o Produto Interno Bruto se recupere (queda foi de -3,6% em 2016, com previsão de 0,8% para este ano), e cria um ambiente para que a taxa básica de juros, a Selic, hoje em 12,25%, seja reduzida pelo Comitê de Política Monetária, o Copom.Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

Nem tudo são flores, mas já se pode ver que há luz no mais escuro túnel que a população brasileira já enfrentou, e com muito sacrifício.

Ao Congresso caberá fazer o dever de casa e aprovar as reformas de que o país tanto precisa.

Sem paternalismos e sabendo lidar com as pressões das corporações e dos nichos de privilegiados, afinal, não se combate a desigualdade com programas sociais e de renda apenas, mas com o fim de boquinhas que, de tão grandes, engolem os outros.

Deixe uma Resposta