Calote venezuelano, culpa do PT

A agência de classificação de risco Standard & Poors rebaixou a nota de crédito da Venezuela de ‘CC’ para ‘D’. Isso significa que o país entrou na categoria chamada “default”, ou seja, quando é praticamente certo que dará calote na dívida com o mercado internacional. Segundo a agência, as mais recentes sanções impostas pelos Estados Unidos ao país reduziram ainda mais as opções de financiamento do governo venezuelano.a agência classificação financeira

Desta forma, a Venezuela governada pelo ditador Nicolás Maduro entrou no chamado “default seletivo”, quando o devedor deixa de pagar uma parte de sua dívida, depois que não conseguiu quitar US$ 200 milhões em bônus globais

A agência fez o anúncio poucas horas depois de uma reunião em Caracas entre o governo de Maduro e credores internacionais, aos quais não foi apresentado um plano concreto para a renegociação de sua dívida externa, de quase US$ 150 bilhões. Um dos credores da Venezuela é o Brasil, que pensa em reclamar ao Clube de Paris dos mais de US$ 260 milhões que os venezuelanos nos devem.

O governo Temer devia acionar a AGU para processar Lula, Dilma e o PT por esse calote que levaremos da Venezuela, afinal, foram eles que irresponsavelmente encheram o governo bolivariano de dinheiro. Que paguem agora por essa dívida. O povo brasileiro é que não pode pagar.

1 Comentário

  • ISRAEL PEREIRA ANDRADE

    novembro 14, 11 2017 08:27:34

    De fato o PT e empresários aliados são responsáveis pelas desgraças na América do Sul.

Deixe uma Resposta