A hora é agora!

Jornal “O Globo” conta que ministros do Supremo Tribunal Federal se opõem que a presidente da Corte, Cármen Lúcia, valide as delações da Odebrecht já homologadas pelo ministro Teori Zavascki no recesso. A presidente do STF vai consultar os colegas ao longo da semana sobre que atitude tomar não só em relação à homologação das delações da empreiteira, mas também acerca de da escolha do novo relator da 2ª Turma, à qual pertencia Teori – se entre os ministros da mesma Turma ou se entre todos os ministros da Corte, segundo o “Estadão”.

Magistrada equilibrada e de bom senso, este blog defende que Cármen Lúcia homologue o quanto antes as delações da Odebrecht, conhecida como a “delação do fim do mundo”, para acabar com a crise regimental criada após a morte do ministro Teori, até porque os assessores do catarinense de alma gaúcha preservam seu raciocínio e decisões.

Quem vier depois – se um ministro da 2ª Turma ou um dos ministros da Corte – dará prosseguimento ao trabalho.Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

O importante agora é furar o balão das expectativas homologando o que já está concluído. É esse o sentimento nacional.

2 Comentários

  • Luciana Carnevale

    janeiro 23, 01 2017 06:57:45

    Enquanto há opiniões divergentes sobre o que deve ou não ser feito, o País agoniza na expectativa de saber se as delações são ou não legítimas. Concordo que deva dar-se mais celeridade ao processo. Não de forma atabalhoada, mas de maneira coerente e enfática.

  • O delator

    janeiro 24, 01 2017 01:45:04

    E é exatamente isso que os criminosos não querem, razão em meu entendimento do fatídico “acidente”. Eles estão em polvorosa pois achavam que a ausência do ministro levaria a não homologação das delações. Vá Ministra. Com fé e esperança. O povo vai lhe agradecer e Teori também onde estiver. Mande ver. Homologue rapidinho sem dar tempo aos urubus de farejarem a carniça. O Brasil torce pela senhora.

Deixe uma Resposta